Monthly Archives

agosto 2016

Saiba como escolher a melhor escova de dente

By | Dicas Dentista Crisal

Os hábitos que você deve adquirir para a manutenção correta da saúde bucal englobam visitas frequentes ao dentista, uso do fio dental e uma escovação correta. Essa última parece simples, porém, engana-se quem pensa que basta uma escova passear pelos dentes para ficar tudo limpo. Para auxiliar na escovação correta, a escolha de uma boa escova de dente é imprescindível.

E como saber qual é a melhor? Entre tantos modelos disponíveis no mercado, uma variedade enorme de tamanhos, tipos e formas diferentes acaba confundindo na hora da escolha. Por isso, criamos um guia útil para que você conheça todas as características que uma boa escova de dente deve ter. Continue acompanhando!

Cerdas macias e retas

Hoje em dia, é possível encontrar no mercado uma infinidade de escovas de dente. Porém, as mais indicadas pelos profissionais de saúde bucal ainda são as que possuem as convencionais cerdas macias. Quanto ao formato da cabeça e das próprias cerdas, as indicadas geralmente são as retas, sem diferença de tamanho, com acabamento arredondado. A cabeça indicada é sempre a pequena, independentemente do tamanho de sua boca. Com esse formato fica mais fácil atingir os cantos mais difíceis, que uma escova de cabeça maior não alcançaria.

Cabo flexível e ergonômico

O cabo da escova também deve ser avaliado na hora da compra. Ele deve ser ergonômico e trazer segurança para a escovação. Não se esqueça de que escovar os dentes é um ato que exige firmeza, e não força. A pressão deve ser moderada e os movimentos constantes, por isso a importância de um cabo que não seja escorregadio e nem muito fino.

Escova de dente elétrica

As escovas de dente elétricas não possuem nenhuma restrição de uso, porém são mais recomendadas para as pessoas com limitações de movimento. É bom tentar manter a escovação tradicional para que não se perca a habilidade motora, caso a escova elétrica não esteja disponível e a escova comum tenha que ser usada.

Lembrando que aqueles que usam aparelho ortodôntico não devem utilizar a escova elétrica, pois ela pode descolar os braquetes.

Cuidados com a escova de dente

A primeira recomendação quanto aos cuidados que você deve ter com sua escova é não deixar de trocá-la a cada 3 meses. O ambiente do banheiro onde ela fica, por mais limpo que seja, possui muitos germes, e o clima úmido pode ajudar na proliferação de alguns microrganismos. Também é recomendado fazer a troca após alguma gripe ou resfriado, para que os germes instalados na escova não provoquem uma nova infecção.

Outro cuidado importante diz respeito ao armazenamento. Depois de usar a escova de dente, lave em água corrente e seque bem. É importante armazená-la a uma distância considerável do vaso sanitário e proteger suas cerdas com alguma capa que contenha furos, para que o ar possa circular.

Seguindo as orientações acima, encontrar uma escova de dente adequada será muito mais fácil e você terá menos dúvidas ao escolher entre tantos modelos no mercado. Faça visitas regulares ao dentista, siga as orientações com cuidado e escove os dentes três vezes ao dia. Dessa forma, você se previne de uma série de doenças, mantém seus dentes sempre limpos e o hálito fresco.

Agora que você sabe tudo sobre como escolher e cuidar da sua escova de dente, compartilhe esse post em suas redes sociais. Ajude seus amigos a ficarem mais informados sobre a saúde bucal!

Descubra aqui 7 alimentos que prejudicam a saúde dos dentes

By | Dicas Dentista Crisal

A saúde dos dentes é tão importante quanto a saúde de modo geral. Para manter seu sorriso branco, não basta apenas fazer a escovação regularmente e usar fio dental e enxaguante bucal. É preciso ficar atento também à alimentação.

Há diversos alimentos que devem ser evitados para manter a saúde dos dentes e, também, sua beleza e cor branca.

Descubra agora 7 alimentos que prejudicam a saúde dos dentes e evite-os, ou faça a higienização bucal logo depois de consumi-los.

1. Vinho

Os vinhos são bebidas alcoólicas pigmentadas que podem colorir seus dentes. Além disso, eles prejudicam a saúde bucal, porque são ácidos e, com isso, alguns sais minerais são exterminados de seus dentes, deixando-os sem proteção.

2. Café

Os cafés são os grandes malfeitores da saúde dos dentes. Além de serem consumidos várias vezes por dia sem higienização – o que pode causar cáries –, ele deixa os dentes amarelados, pois possui uma forte coloração.

3. Refrigerante

Os refrigerantes são bebidas com grande índice de açúcar que podem causar cáries. Os refrigerantes, principalmente à base de cola, são ruins para os dentes pois possuem diversos corantes artificiais. Por serem muito doces, ainda deixam o pH da boca ácido, diminuindo a saliva e corroendo o esmalte dos dentes.

4. Beterraba

As beterrabas são saudáveis e necessárias para uma alimentação balanceada, mas elas têm uma pigmentação muito forte. Por isso, após consumi-las, deve-se fazer a higiene bucal de forma adequada e completa.

5. Tomate

Os tomates são cítricos e deixam o pH da boca ácido, o que prejudica o esmalte dos dentes, deixando-os sensíveis e expostos às cáries com maior facilidade. Por ser um alimento saudável, não pode ser retirado da dieta; então, após o seu consumo, faça a higienização imediatamente.

6. Fruta cristalizada

Frutas fazem bem à saúde, mas frutas cristalizadas fazem mal à saúde dos dentes. A quantidade de açúcar usada para que sejam cristalizadas é uma porta de entrada para bactérias que causam as cáries. Se você costuma consumir esse tipo de fruta, tente trocar pelo consumo de frutas in natura.

7. Amora

Assim como as beterrabas, as amoras são saudáveis mas possuem uma pigmentação natural bem forte. Para evitar os dentes amarelados, depois de consumi-las, faça a higienização correta.

Para quem usa aparelho ortodôntico

Para quem usa aparelho ortodôntico, a lista dos alimentos é ainda mais extensa, pois deve-se levar em conta não só a saúde dos dentes mas também a limpeza do aparelho. Alguns dos alimentos que devem ser evitados são: carnes duras e secas, alimentos fibrosos, doces duros e grudentos, refrigerantes e bebidas alcoólicas, alimentos duros em geral, pipocas, cereais e outros alimentos que possam grudar no aparelho.

Cuidar da saúde dos dentes, além de manter a beleza, mantém seu corpo saudável e longe de problemas dentários. Por isso, vale a pena o cuidado e evitar alimentos que facilitam o aparecimento de cáries e outras doenças. Não se esqueça de escovar os dentes após as refeições, usar fio dental e um bom enxaguante bucal. Com essas dicas, seus dentes estarão sempre saudáveis e branquinhos.

Gostou do post? Quer ficar por dentro de como cuidar da saúde dos dentes? Assine nossa newsletter e seja um expert no assunto.

6 dicas para garantir a sua saúde bucal

By | Dicas Dentista Crisal

A manutenção de um corpo saudável abrange uma série de cuidados que inclui também atenção especial com a saúde bucal. Cuidar dos dentes deve ser um hábito diário e pode prevenir uma série de doenças, que vão desde o enfraquecimento dos ossos até a perda total da dentição.

Por isso, no texto de hoje você poderá conferir seis dicas imperdíveis para manter uma boa higiene bucal, deixando os dentes ainda mais bonitos e livre de doenças.

Escolha uma boa escova

Não tem segredo na hora de escolher a melhor escova para os seus dentes. Prefira as macias, de cabo reto e com cerdas arredondadas. Se você usa aparelho use também uma escova interdental, já que suas cerdas são mais finas e podem passar pelos espaços menores, limpando-os com mais facilidade.

Use fio dental todos os dias

O fio dental deve ser um hábito diário. Só ele alcança os espaços entre os dentes onde a escova não chega, retirando o excesso de comida que pode acarretar em tártaro, inflamação na gengiva e uma série de outras complicações.

Faça uma boa escovação

Escovar os dentes da maneira correta é uma das dicas que mais ajudam a evitar problemas bucais. Posicione a escova na parte de cima dos dentes, próximo à gengiva. Deslize-a em direção à parte de baixo, realizando uma pressão moderada. Com movimentos curtos e de trás para frente, faça a limpeza da parte traseira dos dentes. Não se esqueça também de limpar a língua para eliminar as bactérias e deixar o hálito mais fresco.

Evite o consumo excessivo de açúcar

Os alimentos ricos em açúcar, como balas, chocolates e doces em geral, podem ser prejudiciais para os dentes, pois a substância pode ajudar na proliferação de bactérias, estragando o esmalte dos dentes. Além disso, o açúcar ainda pode ser o responsável pelo aparecimento da cárie. Portanto, é sempre indicado maneirar na quantidade e escovar os dentes sempre após as refeições.

Visite sempre um profissional

Pelo menos duas vezes ao ano visite um dentista para fazer uma boa limpeza. No processo, o profissional realiza o polimento dos dentes, aplica o flúor e remove todo o tártaro. Ele também deverá pedir alguns exames rotineiros como uma radiografia panorâmica para avaliar a situação dos ossos e do posicionamento dos dentes, entre outros procedimentos que considerar necessários.

Cuide da estética

A estética pode estar relacionada também à saúde bucal. Dentes desalinhados podem significar uma mordida errada, que pode sobrecarregar alguns dentes e provocar seu enfraquecimento e até dores na região do maxilar. Por isso, se o seu dentista indicar o uso de algum tipo de aparelho, pense bem antes de recusar e esclareça suas dúvidas.

Além disso, um bom sorriso reflete diretamente na autoestima, que está ligada também à sua saúde. Portanto, procure por procedimentos que resolvam alguns aspectos que podem te incomodar, como dentes amarelados, desalinhados ou quebrados.

Realizando os procedimentos descritos acima e fazendo deles um hábito da sua rotina, você garante a sua saúde bucal, prevenindo doenças e até detectando possíveis problemas com antecipação, podendo tornar sua resolução mais fácil. Siga nossas dicas e mantenha seu sorriso bonito e saudável sempre!

Gostou das nossas dicas? Se você ficou com alguma dúvida ou quer deixar sua opinião sobre o nosso artigo, deixe seu comentário abaixo!